Vai Embora, Vai

Quero que você lembre de hoje como o dia em que saiu da minha vida. Eu lembrarei de hoje como o dia em que me livrei de você. Sim, me livrei. Como nosso organismo se livra de tudo aquilo que nos faz mal. É, sim, você tava me fazendo mal, mais mal do que bem e eu não era obrigada a aceitar isso pelo simples fato de gostar de você. Gostar de alguém é fácil, é simples demais, o difícil é você manter um relacionamento, por mais que ele não seja um relacionamento concreto, com status em facebook e almoços de domingo em família. Relacionamento é qualquer tipo de relação entre duas pessoas, não sei qual era nosso tipo, mas não deixava de ser um relacionamento. É preciso saber que não basta gostar reciprocamente, o amor tem que ser cuidado igual uma plantinha que você precisa regar todos os dias pra não morrer, porque amor morre. Morre sim, seja amor, seja paixão, todo sentimento morre ou se transforma. Meu sentimento por você se transformou em raiva e ódio mas agora eu percebi que não sinto mais nada. 


Grossa? Seca? Sem coração? Não meu bem, eu te dei todas as chances de ser melhor e fazer melhor por mim enquanto eu fazia o meu melhor por você. Mas você não quis, pra você bastava saber que eu tava ali, como se chegar ali fosse algo irreversível, e não é. Se você não cuidasse pra me manter ali, uma hora eu ia cansar de segurar a barra sozinha e foi o que aconteceu. Eu cansei. Tenho direito de cansar e dar adeus a algo que me machuca assim como você teve direito de não cuidar do sentimento, por não saber ou não querer. Agora pouco me importam os motivos que me desligam de você. É engraçado pensar que de início você era a pecinha que tava faltando no meu quebra cabeça e agora você não passa daquela peça que eu tento encaixar em todos os lugares e não entra. Eu queria que você continuasse sendo a peça perfeita mas o destino não quis. Juro que quando percebi que você tinha me ganhado, eu me deixei levar, me entreguei sem medo algum. Antes tentar do que me pegar pensando daqui a cinco anos que perdi a chance. Será que foi isso que aconteceu com você? Será que você teve medo de deixar rolar? Nhe, eu não quero saber. Só quero te lembrar que é difícil encontrar pessoas par, sabe? Daquelas que tudo bate, tudo faz sorrir. E quando a gente encontra, não pode deixar ir. 

Não, eu não vou aceitar desculpas depois que você se der conta de que ainda quer me ter do seu lado. Eu vou sorrir e seguir em frente sabendo que o melhor pra mim foi feito. Porque meu caro, a imagem que você passou pra mim sendo verdadeira ou não, é aquela imagem que eu descartei do meu celular porque não tinha nada a ver. 

0 comentários: