Poderia Ter Sido

Fiquei boba quando você disse ter se encantado por mim naquela festa, a ponto de querer tirar uma foto minha enquanto estava distraída. Mas não conseguiu porque eu saí da posição que pegava o pôr do sol. Que timidez foi essa que não te deixou falar comigo naquele dia? Confesso que provavelmente teria te achado maluco por querer tirar foto de uma desconhecida, então no fim das contas sua atitude foi bastante compreensível. Mas você devia ter falado comigo, eu sou uma das pessoas mais legais que existem, modéstia parte, e hoje você sabe disso porque meses depois criou coragem e veio falar comigo. Ironia do destino ter me encontrado, né?

Agora é inevitável pensar no que poderia ter sido ou estar sendo. Imagina só a gente agora na beira da praia tomando cerveja e escutando música boa. Imagina eu te buscar na estação de trem pra passar o final de semana lá em casa. Imagina você cozinhando comida nova pra mim. Eu imagino tanta coisa, será que você também? Pode ser um pouco exagerado, podia ter sido só um beijo e mais nada, mas podia também ter sido um beijo que levou a muita coisa, como essas coisas que imagino.


A gente poderia ter sido tanto mas não foi, não ainda e não sei se vamos ser. O que sei é do sorriso bobo que você me arranca quando a gente conversa, quando vejo que compartilhamos a maioria dos gostos e só me resta imaginar mil coisas. E dá agonia não saber como poderia ter sido. Se ao menos tivesse acontecido alguma coisa, esses pensamentos seriam inexistentes e eu ficaria em paz. Mas nada aconteceu e podia ter acontecido porque nossa vontade seria recíproca, apesar de só termos descoberto agora. Acho que se alguém me pedisse um conselho sobre essas paixões aleatórias que a gente tem pelos lugares que passamos, eu diria: vai lá, tenta, melhor se torturar por um não do que se torturar pensando no que poderia ter sido.

Será que a gente vai ser um dia? Será que vai ser tudo que imaginei? Ou será que vai ser só mais uma daquelas coisas que são? Não tem como saber, meu bem. E hoje essa tortura é tudo que a gente tem.

0 comentários: