Amor de Carnaval

Entre confetes e serpentinas, achei você. Quando o mundo quis todo mundo, eu só quis te ter. Entre mil olhares trocados, meu olhar encontrou o seu, fez dele abrigo e permaneceu nos dias que antecedem a folia, nos quatro dias de folia e quando a alegria deu até logo a avenida. Você me fez brilhar mais do que mil fantasias, me fez pulsar mais que todos os instrumentos que usam em um desfile de escola de samba. Você trouxe a alegria, a paz e me fez esquecer do mundo lá fora enquanto dançava comigo como se não houvesse amanhã.


E quando o amanhã chegou porque ele sempre chega um dia, você o fez mais colorido, trazendo o carnaval todos os dias e colocando um sorriso no meu rosto como se eu tivesse colocado minha música preferida em infinito repeat. Meu amor de Carnaval, quem diria. Brincou com a sorte, jogou piada e acertou em cheio um coração de agonia, que agora respira tranquilo e devagar por ter achado seu lar. Tudo que imaginei, você tornou melhor, tudo que planejei, você fez inusitadamente melhor. Eu não poderia ter escolhido outro feriado ou outro amor, no Rio, em Salvador, é você seja lá onde for. 

0 comentários: