Coisas de Amor e Ela

Tô apaixonado por ela, viro a noite e amanheço o dia pensando nela. Pensando que ela podia estar aqui do meu lado, pensando no que faríamos de manhã, a tarde e a noite. Pensando na praia, na trilha, no futebol com cerveja, no jantar ao pôr do sol e na paisagem que os olhos dela formariam com o mar, aqueles olhos da cor da alma, mais bonito que olhos verdes ou azuis.

Ela não sabe, eu não conto mas me encanto e me apaixono todos os dias por ela, a cada palavra, a cada bom dia, a cada risada, cada vez que olho aqueles olhos da cor da alma. Eu devia ter me aproximado dela logo na primeira oportunidade que tive, chego a me torturar quando penso nisso. Ela é linda, e não é só no aspecto físico, a alma dela é linda. É impossível não se apaixonar por ela, você concordaria comigo se tivesse visto aqueles olhos como eu vi.


Logo eu, tão inseguro, logo eu que tenho medo de estragar tudo, nela encontrei meu porto seguro e a segurança que preciso pra seguir. Só com ela tenho essa vontade de mergulhar de cabeça, só com ela tenho vontade de todas aquelas coisas clichês. Todas as coisas de amor e ela. Só ela. Tudo que não quis, agora quero com ela. Todos os planos que faço envolvem ela.

Planos que podem ser muito, planos que podem ser nada, risco que estou disposto a correr se é o que for preciso pra viver com ela. Arrancar sorrisos, beijar o corpo, tocar a boca e namorar os olhos. Não quero a agonia diária de pensar e querer que seja, eu quero que seja e que seja com ela. Basta ela querer comigo ser, o que imagino e o que ela já imaginou o dia. Construir nós, um casal clichê, bobo, cheio de sinceridade, amor e alegria.

0 comentários: