O Poder de Amar

Amar é difícil, se fazer de lar e se abrir é para poucos, é coisa de corajoso. É mais fácil ir embora, ignorar a existência do sentimento e seguir em frente, tem tanta coisa por aí que nos faz esquecer da gente. Mas a gente tem que lembrar que nasceu do amor, nosso primeiro contato foi de amor, nossos primeiros dias foram cheios de amor e ao longo da vida muitas coisas vieram, se foram mas sempre permaneceu o amor, mesmo que escondido, mesmo tímido, ele estava ali e na maioria das vezes fazia questão de se fazer presente.

O amor alegra, o amor cura, o amor liberta, aquele amor que vem sem exigir absolutamente nada em troca, que vem pelo simples fato de ser e estar, esse amor faz coisas inimagináveis, esse amor fortalece, esse amor dá o combustível que a gente precisa para lutar e acreditar. Acreditar que amanhã acordaremos melhor e que amanhã vai ser melhor, que vamos sorrir, brincar e que aquela ferida vai sarar.


O ódio nunca nos levou a bons lugares e nem vai, o amor é chave que abre portas até então desconhecidas e nos dá outros caminhos, soluções, harmonia e paz. Há milhares de anos disseram: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, é hora de ouvir, pensar, entender o significado de amar e seguir. Em um mundo repleto por ódio, devemos ser amor, devemos espalhar o amor, então ame como se fosse a única coisa que você sabe fazer ... nada importa exceto o amor e a conexão entre as pessoas quem você amou e com que profundidade você amou, como você tocou as pessoas à sua volta e quanto você se doou a elas.

0 comentários: